Bastão de Guaraná - 100g

Código: 78ER9A32P Marca:
R$ 14,90
até 3x de R$ 5,20
Comprar Disponibilidade: Imediata Aproveite! Restam apenas 2 unidades
    • 1x de R$ 14,90 sem juros
    • 2x de R$ 7,62
    • 3x de R$ 5,20
    • 1x de R$ 14,90 sem juros
    • 2x de R$ 7,78
    • 3x de R$ 5,26
  • R$ 14,90 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

O guaraná de Maués é diferente de todos os outros: não somente faz bem, como é bom de tomar. O aroma característico e o alto valor de cafeína dependem também do processo artesanal que ainda é usado para produzir os frutos. Os produtores são todos de micro ou pequena escala; não fazem uso de agrotóxicos nem de equipamento mecanizado para plantio ou colheita, tanto que o fruto é colhido a mão e somente quando está maduro. Depois de descascada e lavada, a semente é torrada. Para obter a melhor qualidade, é usado um tacho de barro ao longo de 8 horas, o que evita variações bruscas de temperatura e consequentemente a evaporação da cafeína ou queima das sementes menores.

Durante esse processo, a amêndoa encolhe um pouco pela desidratação e a pele da semente, chamada de casquilho, se solta, deixando a amêndoa balançar (como um amendoim); esse casquilho escuro, e quando moído, não é solúvel em água como acontece com a amêndoa. 

Depois de descascar a semente, as amêndoas são piladas com um pouco de água morna, e o alto teor de amido do guaraná faz que se forme uma massa consistente que pode ser modelada. A massa é rolada numa tábua com as mãos e assim é feito um bastão, que porém ainda está muito mole. Por isso é deixado secar um pouco até ficar mais firme e então é colocado para secar e desidratar por dois meses. O índio e o caboclo costumam colocá-lo em cima das cozinhas de lenha, para que fique defumando, e dessa forma o bastão assume uma coloração bem escura por fora. Na cidade, as indústrias de pilação usam estufas com aquecimento indireto para secar grandes volumes de bastões.

Na forma de bastão são mantidas todas as propriedades e o cheiro por anos, porque só é ralado na hora de tomar. Por isso que essa é a forma mais antiga e tradicional para consumir o guaraná, e que garante a autenticidade e pureza. O indio usa uma pedra, o ribeirinho usa a língua seca de pirarucú, um peixe amazônico que tem uma língua óssea, mas em casa pode ser feito com um ralador de inox pequeno, como os que são usados para a noz moscada ou a casca de limão, e também pode ser usada uma lima ou uma groza.

 

Informações sobre a politica de troca e devolução

Produtos relacionados

R$ 14,90
até 3x de R$ 5,20
Comprar Disponibilidade: Imediata Aproveite! Restam apenas 2 unidades
Sobre a loja

Nosso site tem o objetivo de levar o melhor guaraná do mundo diretamente do produtor para o consumidor final. Todos os produtores estão na área geográfica abrangida pelo selo de Certificação de Indicação Geográfica (IG), e acompanhamos o plantio e todo o processo produtivo para garantir o alto padrão de qualidade. O Guaraná de Maués é diferente de todos os outros: não somente faz bem, como é bom de tomar.

Pague com
  • PagHiper
  • PagSeguro
Selos

D'Amazonia Origens - CNPJ: 08.112.060/0001-08 © Todos os direitos reservados. 2019

Siga-nos no Instagram
SnapWidget · Instagram Widget